domingo, 26 de janeiro de 2020

PRAIAS QUE JÁ SURFEI


*Praia das Dunas (Cabo Frio)
www.cabofrio.rj.gov.br Maior e mais estruturado município da Região dos Lagos, Cabo Frio reforçou bastante a sua posição com a ampliação do aeroporto, que agora recebe vôos regulares e fretados (principalmente da Argentina). A praia mais agitada é a do Forte, com quiosques e calçadão, à noite, a pedida é passear pelo movimentado Boulevard Canal, rua que corre paralela ao Canal de Itajuru e concentra vários restaurante e bares. Ondas pequenas mais muito perfeita, paraíso dos merrequeiros, passei muito tempo lá e peguei muita onda boa, água muito quente e verde.

*Santos
 www.vivasantos.com.br Suas praias estão, com freqüência, poluídas, mas a orla ostenta o maior jardim a beira mar do mundo, com 6 km de extensão. E a cidade é vibrante: combina o ritmo de universitários. Vale fazer o trajeto de bonde, conhecer o prédio da Bolsa de Café, visitar a Vila Belmiro (casa do Santos FC) e levar as crianças ao Aquário Municipal. Mar com bastante sujeira tipo: Toco de arvores, sacos de leite, sacolas e muitas outras coisas, quando estive lá estava bem grande e peguei altas ondas no canal 6 q é muito raro de dar ondas.

*Joaquina
Dona das ondas mais constante da ilha, a Joaca é uma das mais procuradas no dia a dia. As esquerdas, atrás da pedra da careca, são sempre muito disputadas quando a ondulação esta de leste. Ondas em valas ao longo da praia com qualquer ondulação e vento do quadrante norte. No local, há um amplo estacionamento e um terminal turístico de razoável infraestrutura.


*Campeche
Praia de pescadores e surfistas. O trecho conhecido como Riozinho do Campeche é mais movimentado, reduto do pessoal do kitesurfe. Tem cada vez mais condomínios de alto padrão. No Riozinho peguei boas ondas, mar bom, água clara e alto visual com a Ilha do Campeche ao fundo fica muito irado o visual das fotos.


*Morro das Pedras
Mar agitado com boas ondas, no Retiro dos Jesuítas, aqui pertinho e com acesso livre, há um mirante. Nas proximidades também fica a Lagoa do Peri, com pequena praia e algumas trilhas. Tem um restaurante bem no canto das pedras com um visual lindo de se almoçar.


*Praia do Matadeiro
O acesso, feito somente a pé pela Praia da Armação (cinco minutos por passarelas de cimento) ou atravessando o rio com água pela cintura, mas bem tranqüilo, contribui para a tranquilidade. Pequena e com costões, é freqüentada por surfistas e por um publico alternativo. Ocasionalmente imprópria para banho. Boas ondas pros dois lados surfei aqui com meus amigos Seu Zé, Djalmo e Pantufa.


* Praia da Solidão
Com quase 1 km de orla e mar bravo, é freqüentada por pescadores e surfistas. Mas também há águas calmas aqui, tanto no rio que deságua próximo, onde as crianças adoram brincar, como na piscina natural formada por uma cascata. Bem na frente das pedras no meio da praia peguei varias ondas abrindo pros dois lados com meus amigos Seu Zé e Djalmo de Franceschi.


*Guarda do Embau
É a primeira reserva mundial de surf do Brasil. Para alcançar a praia, atravessa-se o rio com canoas ou a nado, ou, então, pela trilha do morro. Moldada pela foz do Rio da Madre, a onda da Guarda sofre grandes variações e depende do nível de chuvas, pois os bancos de areia alteram-se constantemente. No canto esquerdo, as esquerdas são sempre mais cavadas. No meio da praia, ondas em picos quebram para os dois lados.


*Ouvidor


*Rosa Norte
Há apenas um acesso para automóveis que vão em direção ao Rosa Norte. E ele começa na subida da estrada principal. Após estacionar na estrada de lajotas, inicia-se uma leve camainha por trilha até a beira da praia. O vento norte é terra, e quando a ondulação esta de leste ou sudeste, surgem esquerdas e direitas com volume e com muita área o que possibilita um amplo repertorio de manobras.


*Ferrugem
É uma das melhores praias para o surfe. Jovens se reúnem no canto esquerdo; e as famílias no direito, por causa das piscinas naturais. À noite, bares e danceterias lotam até de manhãzinha. Aqui sim acho que peguei o melhor mar da minha vida direitas longas indo em direção do morro até a beira, perfeito muitas manobras por onda.


*Barra de Ibiraquera
Praia mais badalada da cidade tem os melhores ventos do estado para a pratica de Wind e kitesurfe. Na orla, casas de veraneio e pousadas. No canto esquerdo, um morro a separa da Praia do Luz.


*Itapirubá
No meio do caminho entre Laguna e Imbituba, tem estrutura independente e abriga a sede do Projeto Baleia Franca. A Orla é urbanizada. Aqui sim peguei ondas clássicas bem perto do morro na Itapirubá Norte ou como chamam Mariscal.


*Cavalinho


*Praia do Gi


*Molhes de Laguna


*Praia dos Molhes
Na parte norte da Praia Grande, fica na foz do Rio Mampituba, e tem alguns trechos poluídos. As ondas fortes costumam atrair surfistas. Já peguei bons tubos aqui.


*Praia Grande
A mais urbanizada, próxima ao centro e a hotéis e pousadas. Nos dias de sol, a areia é um mar de guarda sois e o calçadão, cheio de bares e quiosques, vira point de jovens e adolescentes.


*Prainha
A faixa de areia é estreita, mas, para compensar, há um bonito gramado. O mar tem fundo rochoso, e alguns trechos da praia são perigosos pra banho.


*Praia da Cal
Freqüentada por famílias, numa região com muitas casas de veraneio e quase nenhum hotel. Na areia, muitos guarda sois e poucos ambulantes. O calçadão, que margeia o Morro do Farol, é bom para caminhar. Na ponta direita, acesso à Torre do Meio.


*Praia da Guarita
É unanimidade esta é a praia mais bonita de Torres. Fica entre a Torre do Meio e a Torre Sul, resguardada, em enseada fechada pelos dois costões. O mar, represado, é agitado, bom para surfistas, ruim para banhistas. Há poucas barracas na areia e o clima é de sossego. Não deixe de ver a Pedra da Guarita nem de subir no topo da Torre Sul, de onde há uma bela vista. Onde peguei as melhores ondas em Torres, com ondas pra esquerda conectando no insade pra direita em torno de 5 a 6 manobras por onda.


*Praia Itapeva
Sem barracas, quiosques ou ambulantes. O mar é tranqüilo e a praia é boa para caminhar. Os carros circulam pela areia. Ondas boas no cantão onde tem um morinho que entra pra dentro do mar.


*Praia Rondinha Velha

*Praia Areias Brancas

*Praia Arroio do Sal
Praia que passei muitos anos e adoro de mais esta praia, ganhei alguns campeonatos de surf e fui bi campeão do circuito de surf de lá.


*Praia Figueirinha

*Praia Capão Novo Village
Praia dos meus primos Mateus e Arthur.

*Praia Capão da Canoa
(51) www.capaodacanoa.rs.gov.br A praia central concentra o comercio e as atividades turísticas, a cidade ferve no verão. Cheia de prédios e pousadas

*Praia Atlântida
É preferida dos jovens, que procuram as ondas boas para o surfe e aproveitam o agito dos bares montados na praia. Nas noites de verão. A temperatura sobe nas danceterias que funcionam na orla e nos arredores. Há ainda uma longa plataforma de pesca.


*Praia Harmonia

*Praia Mariluz

*Praia Nordeste
Praias onde tive alguns bons findes nas casas dos meus amigo Norberto, Batata, Bruno e Paula.

*Praia Presidente

*Praia de Tramandaí
(51) www.tramandai.rs.gov.br Um dos balneários mais movimentados do Rio Grande do Sul, delimitado por uma lagoa, um rio e o mar, é freqüentado por moradores de Porto Alegre. Pescadores costumam ficar na ponte sobre o Rio Tramandaí. A mais popular de todas as praias do litoral gaúcho tem 10 km de areia dura e escura, além de quadras poliesportivas e pistas de skate espalhadas pela orla. Há uma plataforma de pesca. Praia dos bate volta e também a primeira praia que fui com meu amor a Tay.


*Praia Oásis Sul
Passei alguns verões lá com o Luiz Henrique (Toco) e o Henrique.

*Praia Jardim Atlântico

*Praia Jardim do Éden

*Praia de Salinas
Há uma plataforma de pesca.


*Praia de Nazaré
Primeiro lugar onde surfei.

*Praia de Cidreira
(51) www.cidreira.rs.gov.br Durante o verão, o balneário vê sua população se multiplicar: salta de 10 mil para cerca de 150 mil pessoas. A orla é repleta de dunas e casas de veraneio, muito procuradas por famílias com crianças. Extensa, de águas rasas.

*Praia de Pinhal
Areia fina e clara e casas de veraneio na orla; ocasionalmente imprópria para banho.

*Praia de Quintão
Tem dunas moveis que invadem a rodovia, ganhei meu primeiro campeonato de surf, bem no dia do meu aniversario, estavam comigo: Feijão, Raquel e irmão.

*Praia do Cassino
(53) O distrito da cidade de Rio Grande, tem o mesmo nome daquela que é a praia mais longa do mundo, com impressionantes 212 km de extensão, ela vai dos molhes da Barra, em Cassino, até a Barra do Chuí, em Santa Vitoria do Palmar. Percorrer a areia de carro é um habito muito comum, especialmente na alta temporada (nos meses de inverno alguns estabelecimentos fecham, mas os kitesurfistas são presença constante durante o ano todo). Quem gosta de movimento deve esticar a canga na região central de Cassino. Ao sul fica sua porção mais deserta. É mais movimentada na região central, ao redor da estatua de Iemanjá, a 15 km está localizado um navio encalhado, pertinho da areia. Estive lá com Gilberto Nogueira e Alexandre Fenner pra divulgarmos a marca de pranchas Index Krown.

Informativo nº 184


Wave tools surf consertos (51) 98411-2753



Nenhum comentário:

Postar um comentário