quarta-feira, 3 de novembro de 2010

RIP CURL PRO SEARCH DE PORTO RICO ADIADO NO DIA DE HOJE EM LUTO PELO FALECIMENTO DE ANDY IRONS



DEPOIMENTO DE EDINHO LEITE DA ESPN De repente os celulares buscavam informações por toda parte. A internet fez correr a notícia. O tricampeão Andy Irons morreu.
No hotel onde boa parte dos componentes do World Tour estão hospedados os sorrisos tradicionais sumiram rapidamente. Tão rápido quanto a notícia o clima foi ficando cada vez mais triste. Mick Fanning passou por aqui chorando muito. Vários atletas se abraçam. Um número absurdo de acessos derrubou o site oficial da ASP.
Fomos até a casa de Renato Hickel para obter informações oficiais: Andy Irons chegou a Porto Rico em cima da hora para o primeiro dia da janela de espera da etapa, sábado, dia 30 de outubro. Não apareceu para sua bateria.
No dia seguinte ele entraria no 2º round, de repescagem. Na internet, durante nossa transmissão direto de PR, as perguntas sobre o paradeiro de Andy Irons não paravam de chegar. Renato Hickel veio conversar conosco e dar uma declaração oficial que explicava: “Andy Irons não vai correr o segundo round. Ele está muito doente no hotel, com uma gripe muito forte, talvez virose”.
Renato, gerente do World Tour, nos explicou que o médico da ASP não poderia deixar seu plantão na praia com o campeonato acontecendo. Por isso a ASP organizou tudo para que outro médico [ainda não sabemos qual], fosse até o hotel para cuidar dele. Andy, debilitado, recebeu soro no próprio quarto. Ainda não temos a confirmação dando conta de se ele foi para um hospital local ou não.
Soubemos agora que ele insistiu em voltar para sua casa, em Hanalei, no Kawai [Hawaii], mesmo sentindo-se muito fraco. Ao chegar em Dallas, escala do seu vôo para o Hawaii, o médico não permitiu que ele embarcasse, pois apresentava sintomas preocupantes. Diagnosticaram dengue. Não sabemos em quais condições Andy veio a falecer, nem em que momento. A maior dúvida pesa sobre o fato dele, mesmo estando tão mal, não tenha sido internado num hospital.
Esqueço aqui um pouco do jornalismo. Atenho-me apenas ao fato de lamentar muito que isso tudo tenha acontecido, ainda mais a duas semanas do nascimento de seu primeiro filho. Espero que a família, que já emitiu uma declaração oficial divulgada pela ASP, e sua esposa, Lindsay, possam superar a tristeza desse momento.

Fonte: Site Ondas do Sul (www.ondasdosul.com.br)

Nenhum comentário:

Postar um comentário